Engenharia Civil: construindo o futuro

Por in Engenharia Civil, Engenharias
0 0 0 Sem comentários

É impossível imaginar o desenvolvimento de uma cidade sem obras e construções, mas você já pensou o que está por trás dos edifícios, estradas, pontes e toda a infraestrutura presente no nosso dia a dia?

O engenheiro civil é a mente brilhante por trás de tudo isso, participando de todas as fases de uma construção, desde o planejamento até o tipo de acabamento que será aplicado na obra.

Mas realizar uma construção, seja ela qual for, não é uma tarefa simples, demanda segurança e muitos conhecimentos técnicos, como os materiais de construção, a composição dos solos e as condições dos terrenos, a estrutura, a parte hidráulica e elétrica… Essa grande responsabilidade torna a profissão muito respeitada e bem remunerada.

Um levantamento realizado por consultorias de RH apontou que entre as profissões mais bem pagas em 2018, está a de engenheiro civil, com um salário médio acima de R$ 10 mil por mês, conforme o Banco Nacional de Empregos (BNE). Além disso, o setor de construção civil no Brasil gera 10 milhões de empregos e movimenta 9,9% do Produto Interno Bruto (PIB), isso mesmo em meio à crise.

A procura por profissionais da área é constante, pois há setores vitais que não podem parar, como obras de saneamento, estradas, túneis e geração de energia. Além disso, o engenheiro civil pode seguir vários caminhos, o que aumenta o seu leque de atuação. Os profissionais dessa área podem trabalhar em diversas funções diferentes, confira:

Construção civil: projetar, gerenciar, executar e acompanhar a construção e reforma de casas, prédios e grandes instalações, como estádios esportivos, indústrias e aeroportos.

Estruturas e fundações: Como o próprio nome diz, essa área é responsável pelo projeto, edificação e escolha dos materiais mais adequados para as estruturas e fundações, principalmente madeira, aço ou concreto, calculando o material necessário e as dimensões da obra que darão apoio à construção.

Infraestrutura e transporte: projetar e construir obras como rodovias, ferrovias, viadutos, portos, metrôs, túneis e viadutos. Além disso, é analisado o tráfego, métodos viários, sinalização e toda logística do sistema de trânsito.

Hidráulica e recursos hídricos: projetar, gerenciar e executar obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem ou obras costeiras.

Saneamento: fazer o projeto e construir obras de saneamento básico, como redes de captação e distribuição de água e estações de tratamento de água e esgotos.

Gerência de recursos prediais: O profissional é responsável por estabelecer os padrões de qualidade, ordem e ocupação do espaço. Fazendo um bom gerenciamento para aproveitar ao máximo todos os recursos oferecidos para efetuar a obra, sejam materiais ou pessoal.

A Engenharia Civil está em todos os lugares a nossa volta e é essencial para o avanço da sociedade como um todo. Desde obras que possuem milhares de anos até as mais atuais, os feitos da Engenharia Civil continuam sendo marcos de várias gerações. E aí, pronto para começar a construir?

Comments

comments