Como conseguir o primeiro emprego

By
0 0 0 No comments

Se você decidiu que está na hora de buscar o primeiro emprego mas ainda está um pouco perdido nesse meio, leia o texto até o fim. Tenho certeza que sairá daqui com muitas informações valiosas para dar os primeiros passos e conquistar o tão almejado primeiro emprego.

Antes de tudo, é preciso ter consciência de que o mercado de trabalho não está em um cenário favorável. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados no último trimestre de 2018, a taxa de desemprego está acima de 11%, atingindo mais de 12 milhões de brasileiros em idade ativa. Portanto, disputar uma vaga de emprego nesse cenário não é algo tão simples, mas é importante saber que não é impossível.

Para buscar o primeiro emprego em meio à crise é preciso agir de forma estratégica, e hoje as dicas são de como montar uma estratégia que vai te ajudar a conquistar o tão sonhado primeiro emprego.

Se você quer entrar no mercado de trabalho é preciso entender como funciona a economia na sua região. O primeiro passo é listar os tipos de empresas que empregam boa parte dos trabalhadores locais, isso pode ser feito por meio de pesquisas em sites de vagas ou grupos de Facebook.

Obs.: Se a cidade for pequena, a tarefa é simples, mas se você mora em uma metrópole, pode levar um tempo maior. Sendo assim, aconselho que você procure por empresas que estejam na região da sua casa, assim, caso seja contratado, o tempo de deslocamento diário será menor.

Após listar as empresas que contratam na sua região, verifique as vagas (abertas ou já fechadas) que não pedem experiência prévia e faça uma nova lista com esses cargos e selecione os que você gostaria de (ou toparia) trabalhar.

Para decidir em quais vagas focar, recomendo que você verifique quais são os requisitos exigidos (se estiverem no anúncio), assim você poderá ter uma clareza maior de quais vagas mais combinam com você.

Exemplo: Você verificou que, para vagas de recepcionista, é comum solicitarem inglês, habilidade com o Pacote Office e desinibição para falar em público. Você atende aos requisitos? Se sim, você pode ser um forte candidato. Caso contrário, você tem duas opções: focar em outras vagas ou se qualificar para atender aos requisitos que são solicitados para que você possa concorrer à vaga de recepcionista.

Muita gente arrisca se candidatando para oportunidades sem atender aos requisitos, mas são raras as vezes que essa atitude pode surtir um efeito positivo, pior ainda, isso pode “queimar” o seu currículo na empresa que poderia ofertar, no futuro, uma vaga no seu perfil.

 

Caso você perceba que está muito aquém do que é solicitado aos candidatos das vagas de seu interesse, está na hora de se qualificar. Existem diversas opções, que vão de cursos livres na internet ao Ensino Superior.

Para quem não tem dinheiro para investir em cursos, há solução! Veja abaixo uma lista de cursos gratuitos que podem te ajudar no processo de qualificação:

Para aquela vaga de recepcionista que cite, você poderia ter o perfil para concorrer à vaga fazendo três cursos gratuitos e on-line:

Curso de Pacote Office Gratuito
Curso de Inglês Básico Gratuito
Curso de Oratória e Apresentação em Público Gratuito

(Aqui você pode encontrar uma lista completa de Cursos Gratuitos Online Com Certificado e mais detalhes sobre os cursos oferecidos)

 

É realmente complicado concorrer a uma vaga com candidatos experientes e dezenas de qualificações, mas existem outros caminhos de conquistar o primeiro emprego. As leis de Aprendizagem e do Estágio já ajudaram muita gente a entrar no mercado de trabalho. Conheça um pouco mais sobre os dois programas abaixo:

 

Programa Aprendiz

O programa de aprendizagem tem como objetivo levar e preparar jovens de 14 a 24 anos incompletos para o mercado de trabalho, oferecendo a eles uma oportunidade de ter o primeiro emprego e também um preparo técnico-profissional.

A Lei da Aprendizagem determina que empresas de médio e grande porte tenham, dentre o quadro de funcionários, uma porcentagem de jovens aprendizes que varia de 5% a 15%.

Ter a oportunidade de ser um Jovem Aprendiz pode ajudar muito na carreira de quem está começando, visto que não são cobradas experiências e as exigências são bem reduzidas na hora da contratação. O contrato de trabalho é feito pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) ou seja, é “carteira assinada”, mas a carga horária de trabalho é reduzida e todo jovem recebe acompanhamento teórico de alguma instituição formadora de profissionais.

Veja como trabalhar como Jovem Aprendiz

Estágio

Muita gente não sabe que a lei de estágio não abrange só cursos técnicos e superiores, mas também o Ensino Médio. Está na lei nº 11.788 que o “estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular em instituições de educação superior, de educação profissional, de ensino médio, da educação especial e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos.”

Portanto, se você tem a partir de 16 anos e tem vínculo regular em alguma instituição de ensino (nas modalidades citadas acima), pode se candidatar a um cargo de estágio.

Apesar de o estagiário não ter seu contrato baseado na CLT, existe uma formalização a partir de um Termo de Compromisso entre a empresa, o estudante e a instituição de ensino.

Assim como o programa de aprendizagem, o estágio é a porta de entrada para muitos jovens que não têm experiência e querem/precisam trabalhar, e pode, inclusive, influenciar na escolha da faculdade.

Ter um bom currículo é uma das partes mais importantes de todo o processo de pleitear uma vaga, afinal, o seu primeiro contato com o contratante se dá por meio do currículo. Portanto, é importante dar muita atenção ao processo de construção do currículo, e posso dar algumas dicas básicas mas que são essenciais.

• Não cometa erros ortográficos;
• Coloque mais de um tipo de canal para contato (e-mail e telefone);
• Seja objetivo;
• Não minta;
• Se não tem experiência, reforce-o com cursos e outras experiências pertinentes.

Organizei uma lista com matérias que vão te ajudar a construir um bom currículo. Veja abaixo:

Currículo Sem Experiência: Como Iniciar uma Carreira
O que colocar no objetivo do currículo
4 modelos de currículo para baixar e preencher
11 termos que devem ser evitados no currículo

 

Se você foi convocado para participar de uma entrevista de emprego e será a sua primeira vez, precisa se preparar para que o nervosismo não tome conta de você na hora e acabe prejudicando seu desempenho.

• Escreva um resumo sobre você e seu currículo e treine a apresentação dele em voz alta;
• Pesquise sobre a empresa e sobre a vaga;
• Confira o endereço da empresa para que não chegue atrasado no dia;
• Não interrompa o entrevistador nem outros candidatos;
• Não use gírias ou fale palavrões, mesmo que seja comum em seu vocabulário.

Nesta matéria você poderá conferir um conteúdo muito rico sobre entrevista de emprego que poderá te ajudar Perguntas e Respostas: 19 dicas para mandar bem na primeira entrevista de emprego

Se você chegou até aqui é porque está realmente muito interessado em conquistar o seu primeiro emprego e eu tenho uma dica final muito especial para você: caso a resposta positiva não venha logo na primeira entrevista, não desanime! Seja persistente e tente descobrir em que você está errando e o que falta para que você consiga chamar a atenção do contratante de forma positiva. Muitas vezes a negativa não vem porque o candidato é ruim, mas porque ele não tem o perfil desejado para a vaga.

Se você tem interesse em melhorar seu currículo e gostaria de saber mais sobre as profissões para transformar sua vida, acesse esse Canal no Youtube e veja a carreira que mais combina com você!

Comments

comments