Ciência da Computação forma sucessos como os criadores do Facebook e Google

Por
0 0 0 Sem comentários

Imagina só viver sem computador, calculadora, redes sociais, WhatsApp, Netflix, Spotify e tantas outras comodidades que a tecnologia proporciona? Nem mesmo quem é “das antigas” pensa em ficar sem tudo isso… Do bloco de notas do PC àquele seu App preferido, pode acreditar, tem por detrás um cientista da computação. Ele é responsável por desenvolver desde softwares básicos até os mais complexos, como os utilizados nas pesquisas espaciais e na medicina genética.

Apenas para contextualizar a possibilidade de sucesso deste profissional, acho que você já ouviu o nome Mark Zuckerberg, né?! Aquele que se tornou conhecido no mundo todo, aos 22 anos, ao criar a maior rede social do mundo, o Facebook, quando cursava ciência da computação.

Exemplos de sucesso nesta área têm de sobra! E muito mais do que o retorno financeiro para quem desenvolve, é a proporção que essas criações tomam na vida da população. Afinal, o que seria da gente sem o Google?! Outra obra de cientistas da computação – os brilhantes Larry Page e Sergey Brin.

A presença feminina também marca a história da tecnologia no mundo. Por exemplo, o fato de você conseguir visitar seus sites favoritos diariamente tornou-se possível com a “Mãe da Internet”, como é conhecida a cientista da computação Radia Perlman. Ela criou o protocolo Spanning Tree (STP), uma linguagem da internet usada para um computador comunicar-se com o outro e que garante o desempenho de uma rede.

Realmente é muita coisa para aprender no mundo da tecnologia… Agora, imagina se o próximo programador de sucesso for você?! O que não é difícil, afinal, é só fazer uma pesquisa simples no Google para ver quantas startups estão chegando com o propósito de encontrar soluções tecnológicas para o nosso dia a dia. Milhares estão dando muito certo!

Mercado promissor
A tecnologia está em tudo! Está na agricultura, na saúde, na indústria, no comércio, na pequena, média e grande empresa, enfim… E essa realidade coloca o setor da tecnologia como um dos poucos que não faltam vagas de emprego; pelo contrário, necessita-se de pessoas qualificadas para atender a demanda do mercado nos próximos seis anos. A estimativa, segundo levantamento da Associação Brasileira da Tecnologia da Informação e Comunicação, é contratar 420 mil profissionais até 2024. Para isso, seriam necessários 70 mil formandos na área por ano, no entanto, as universidades formam apenas 46 mil.

O raciocínio lógico, acompanhado de matemática e programação, estão entre as principais habilidades desse profissional que planeja e cria aplicativos, programas e softwares para smartphones, tabletes e computadores. O bacharelado em Ciência da Computação pode ser o pontapé para uma carreira brilhante, pois o aluno desta graduação é preparado para analisar e desenvolver sistemas de informática e soluções computacionais.

No mercado, pode trabalhar em empresas de tecnologia do Brasil e do mundo, desenvolver, planejar e criar aplicativos e programas para dispositivos móveis e computadores. Pode trabalhar com robótica, automação de sistemas, atuar na área de pesquisa e também como professor.

E aí, gostou? Que tal dar play no vídeo abaixo e descobrir ainda mais características da profissão? Aproveite o conteúdo!

Comments

comments