Faltam professores de física no mercado de ensino público e privado

Por
0 0 0 Sem comentários

Você sabia que o Brasil faz parte da comprovação da Teoria da Relatividade criada por Albert Einstein em 1905? Pois é… Como sabemos (ou deveríamos saber!), este estudo define a relação entre o espaço e o tempo, ambos de caráter relativo ou não estático. Ou seja, o físico alemão afirmava lá naquela época que o tempo não é igual para todos, podendo variar de acordo com a velocidade, a gravidade e o espaço.

Legal, mas o que o Brasil tem a ver com isso? Bom, em 1919, em Sobral, no Ceará, um eclipse solar registrado por cientistas ingleses foi a primeira prova da Teoria da Relatividade. Na hora do eclipse, o céu, que estava nublado, se abriu e foi possível realizar medidas confiáveis através do fenômeno astronômico.

Você sabia que quem estuda não somente esta, mas diversas outras teorias relacionadas à matéria e energia, suas propriedades e leis que regem sua interação é o físico? Sim! Este profissional lida com corpos e fenômenos físicos de todas as dimensões, de partículas subatômicas à imensidão do cosmo.

Na graduação em física, que dura cerca de 4 anos, o aluno precisa se preparar para usar o raciocínio constantemente, pois esta é uma ciência que procura entender o universo, modelar a natureza para tirar dali os avanços tecnológicos e conhecimentos necessários para a vida do ser humano.

Muito cálculo te espera se você optar pelo curso de Física. Então, se você curte exatas e se dá muito bem na matemática, vai gostar muito das disciplinas da graduação como Geometria Analítica, Álgebra Linear, Eletromagnetismo, Mecânica Quântica e até Relatividade… Lembra que falamos do Sr. Einstein ali em cima?

Sobre o mercado de trabalho, a maior parte dos físicos vão para a área de ensino mesmo. E faltam muitos professores tanto em escolas públicas, quanto privadas, sabia? Porém, é possível sair das salas de aula e se especializar em acústica, astrofísica, física nuclear e física médica, por exemplo. Muitos recém-formados encontram espaço no mercado corporativo, em instituições financeiras, indústrias, na tecnologia da informação, em logística e, claro, na pesquisa científica.

E aí, você é um expert da matemática, adora cálculos, teorias, equações e todos esses termos que envolvem números? Então, que tal saber um pouquinho mais sobre o curso de Física para decidir se esta é ou não a profissão da sua vida? Dê o play no vídeo abaixo e descubra!

Comments

comments