Escolha uma faculdade que incentiva o empreendedorismo

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Com toda a certeza, o ano de 2020 não foi normal! Não somente pela assustadora pandemia da Covid-19, mas também pelos seus efeitos na economia. Aliás, esse setor teve uma das piores crises já vistas nos últimos tempos. Uma vez que o mercado está cada vez mais imprevisível e competitivo, empreender é essencial. Seja como for, estudante ou profissional, saiba que estudar em uma faculdade que incentiva o empreendedorismo é fundamental. Isso vale tanto para a graduação ou pós. Então, fique ligado nesse post!

Só para ilustrar, a faculdade empreendedora inspira os seus alunos. Nesse sentido, eles ganham habilidades que ajuda a ter coragem para tomar decisões e correr riscos. Dessa forma, essas atitudes trazem recompensas no futuro como a criação do próprio negócio ou uma promoção no trabalho.

Grupo de pessoas em uma mesa com celular, computador e anotações trabalhando empreendedorismo

Empreendedorismo no Brasil

O Brasil começou a ensinar o empreendedorismo nos anos 90, época em que a economia do país foi aberta. Assim como qualquer outra área, ele mudou com o passar dos anos. Um bom exemplo são as recentes teorias ligadas à criação de empresas de tecnologia, as chamadas startups, algo que não tinha sido falado naquela década.

Uma curiosidade: sabe por que o empreendedorismo cresce tanto no país? Simples! As pessoas querem driblar a falta de renda gerada pelas inúmeras crises que o país sempre enfrenta.

Como estimular o empreendedorismo?

Aulas com pessoas que contam como venceram na vida de um jeito diferente é uma forma simples de incentivar o empreendedorismo. Outras ideias são atividades com empresários que falam as suas histórias ou visitas técnicas em empresas. Além disso, congressos na área ou competições para a criação de negócios são ótimas opções. Também se estimula o empreendedorismo quando os alunos pensam em ideias para os problemas sociais da cidade. Em outras palavras, é só juntar essas alternativas com a criatividade dos professores para uma aula fantástica.

Talking The Simpsons GIF - Find & Share on GIPHY

Empreendedorismo em outras áreas

Se engana quem pensa que o ensino do empreendedorismo se resume aos cursos de negócios. Essa área tem muitas disciplinas e, por isso, a teoria se aplica em todos os tipos de conhecimento. Seja qual for o curso, existem muitos exemplos de negócios e de pessoas de sucesso para serem falados nas aulas.

Afinal, é preciso deixar claro que o empreendedorismo não diz apenas sobre a criação de empresas ou de empregos. Ele também ajuda os alunos a tomarem suas próprias decisões e a serem responsáveis por suas ações.

Ou seja, mesmo que esse profissional não crie o próprio negócio, ele vai aprender habilidades essenciais para a carreira executiva. Dentre elas é possível citar a resiliência, disciplina, visão holística, persuasão, etc. É por isso que se estuda o empreendedorismo em vários cursos e áreas de atuação.

Escola de Negócios

Uma das grandes tendências mundiais no ensino superior são as de escolas de negócios. Você sabe o que significa uma Business School? Neste link você tem a explicação detalhada para entender melhor sobre o termo.

Basicamente, a escola de negócios possui um ensino focado no mercado de trabalho. Além do conteúdo ser mais flexível, o formato te aproxima mais das empresas. Em outras palavras, os conteúdos são muito mais dinâmicos e feitos para atender os desejos do mercado. Conheça mais sobre a Business School Unoeste neste link.

Colaboração de Diego Andreasi, professor da Unoeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *