Engenharia de Produção: engrenando a economia

Tempo de leitura: 3 minutos

Engenheiro de produção no trabalho

Seja como for, em época de crise ou de sucesso, toda empresa quer aumentar os ganhos e melhorar a produção. Sem falar que também busca economizar os gastos e manter a qualidade do que faz. Aliás, você saiba que a engenharia de produção melhora esses resultados e traz competitividade do mercado? Inclusive, esse profissional ajuda as empresas e engrena toda a economia.

Certamente, o engenheiro de produção transforma boas ideias em soluções e a matéria-prima em produtos que são usados por centenas de pessoas.

Mercado para a engenharia de produção

Em primeiro lugar, saiba que esse profissional é essencial para qualquer empresa. Uma vez que ele sabe tudo sobre gestão, logística e controle financeiro, esse engenheiro está em várias áreas. Confira!

Planejamento e controle

O engenheiro de produção participa desde a escolha da matéria-prima até até o produto final. Da mesma forma, confere se tudo está com qualidade e cuida de toda a logística, desde o armazenamento até a distribuição.

Produção agroindustrial

O engenheiro de produção também pode trabalhar na produção agrícola, no processamento da indústria, na venda e na distribuição dos produtos.

Desenvolvimento das organizações

E que tal criar uma empresa? Saiba que o engenheiro de produção pode ajudar! Isso mesmo, ele atua na análise e na definição de toda a estrutura da empresa.

Simulação de processos

Esse profissional não tem bola de cristal, mas toda a sua formação ajuda a antecipar os problemas e encontrar soluções para eles. Aliás, ele também conta com uma ajuda extra de várias ferramentas de tecnologia da informação.

Economia empresarial

De tal forma que o engenheiro de produção melhora toda a vida da empresa, isso também inclui a parte financeira como o gerenciando os custos e onde os recursos serão investidos.

Engenharia do trabalho

É provável também, que o engenheiro de produção cuide dos funcionários que produzem ou prestam alguns serviços. Só para ilustrar, o profissional é responsável por analisar os custos, os prazos e instalações que permitem a realização do trabalho.

Como se tornar engenheiro de produção

Se acaso você é organizado, gosta de economia e tem raciocínio lógico essa engenharia tem a sua cara! Saiba que dá para estudar tanto presencial ou a distância (EaD). Entretanto, pesquise bastante sobre a instituição onde irá estudar.

Do mesmo modo que você já conheceu as várias áreas para trabalhar, saiba que o mercado é bem atrativo. Um levantamento do DataFolha indica que esse profissional ganha em torno de R$ 10 mil para ser coordenador de projetos de sistemas. Isso se ele trabalhar na região metropolitana da cidade de São Paulo, já um gerente de controle de qualidade ganha quase R$12 mil. Ainda assim, existem outros cargos para um engenheiro de produção com ganhos bem interessantes.

Ao propósito, aqui tem um vídeo especial que fala mais sobre o curso de Engenharia de Produção. Aperte o play e confira todos os detalhes. , o curso de Engenharia de Produção pode ser para você. Dê o play no vídeo e conheça mais sobre o curso e onde esse profissional pode atuar.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.