Engenharia Mecânica é ampla profissão e em alta no mercado

Engenharia Mecânica é ampla profissão e em alta no mercado

Tempo de leitura: 2 minutos

Você já pensou como seria o mundo sem os automóveis?! Nada de percorrer 500 km em meio período! Realmente não seria fácil… Agora, você já pensou sobre a capacidade do homem em criar e aprimorar veículos que facilitam a nossa vida? Com isso, mais conforto, segurança, potência, sustentabilidade, estética, enfim, um mundo cheio de vantagens… Sem dúvida esse mercado só cresce, sendo um excelente ramo para quem sonha ter formação em Engenharia Mecânica.

Mas criar motores para carros é apenas uma das áreas desse profissional tão necessário neste mundo. Ele é o responsável por projetar, monitorar, gerenciar e fazer manutenção de máquinas, processos e sistemas de organização. Desse modo, o engenheiro mecânico trabalha com novas tecnologias, faz o controle de qualidade da produção e atua na área de energia. Por conta de todas essas funções, essa profissão é considerada a mais ampla entre as engenharias…

Quem deseja entrar neste universo precisa se identificar com a área de exatas. Afinal, esse profissional utiliza as leis da Física e da Matemática para encontrar soluções e melhorias de equipamentos e máquinas. Mas fique tranquilo que a vida acadêmica não é movida somente de números e contas. Essas graduações vinculam o conteúdo teórico à prática nas aulas.

Engenharia Mecânica: carreira em expansão

Se você já se identifica com a área, vai amar ainda mais! A média do salário mensal de um engenheiro mecânico passa dos R$ 8 mil. De acordo com as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Órgão do Ministério Público do Trabalho e Emprego. Mas, essa remuneração pode ser muito maior dependendo da empresa e da função que esse profissional desempenha. Por isso é importante sempre investir na formação e desenvolver habilidades que vão melhorar o currículo.

A rotina de um engenheiro mecânico é cheia de muitos projetos, análises, testes e gerenciamento de equipes. Dessa forma, são muitas as oportunidades. É possível trabalhar em empresas de diversos setores. Além de poder criar o próprio negócio para projetar novos produtos, programas de serviços ou fazer consultoria. Entre as áreas promissoras, estão os setores de energia, combustíveis, óleo e gás, e as indústrias aeronáutica, naval e automobilística.

Que tal aproveitar e conferir os motivos para fazer essa graduação na Unoeste. É só clicar aqui embaixo!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.