Faculdade de Educação Física oferece boas oportunidades

Tempo de leitura: 3 minutos

Mulher e homem fazendo atividade física

Imagine como seria um mundo sem esportes? Impossível, né! Até porque você já percebeu que a cada dia que passa tem mais gente se exercitando. Pode ser ao ar livre, em academias, em clubes, quadras esportivas, enfim, ninguém quer ficar parado. Esse boom fit é ótimo para a área da educação física. Além disso, essa constatação é oficial, pois o Brasil é o 2º maior mercado de fitness do mundo em número de academias. Nesse cenário não vai faltar chances de trabalho para o profissional da área, seja ele da licenciatura ou bacharelado. Então, saiba mais sobre a profissão e a faculdade de Educação Física, seja ela presencial ou EAD.

A tendência é um aumento constante do número de pessoas que querem uma vida saudável. Esse hábito pode começar na infância, desde os primeiros anos escolares. Além disso, OMS lançou o compromisso de diminuir a falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Já que, segundo pesquisas, o sedentarismo gera gastos com a assistência em US$ 54 bilhões por ano. E para alcançar essa meta não poderá faltar o profissional da educação física, né?!

A Organização Mundial da Saúde também quer diminuir as taxas de doenças ligadas ao sedentarismo, pois quem não pratica atividade física têm mais chance de desenvolver infarto, AVC, câncer de mama, entre outros problemas. Então, se a população busca vida longa com mais saúde, saiba que os exercícios devem estar no dia a dia e para qualquer idade.

Características e a formação na Educação Física

Gostar de esportes é apenas uma das diversas habilidades que você deve ter para trabalhar na área. Aliás, o contato constante com as pessoas também faz com que saiba se comunicar e entender os seus alunos.

Outro ponto importante é ser paciente! Afinal, trabalhar com pessoas e explicar uma série de exercícios precisa de calma e tranquilidade. Pois você deverá entender o ritmo do aluno.

É preciso também estar atento. Imagine algum aluno que você acompanha que não faz a atividade certa e se machuca? Nesse sentido, para que as atividades físicas ajudem quem as pratica é importante que sejam feitas do jeito certo.

Bacharelado ou licenciatura

Finalmente, o conhecimento técnico é essencial para a sua profissão. Existem dois tipos de cursos para a área. Se você quer fazer o bacharelado em Educação Física, você pode estudar presencial ou EAD.

Contudo, se o interesse é pela licenciatura em Educação Física, então você também pode escolher entre as modalidades presencial ou EAD.

Seja presencialmente ou a distância, certo é que este curso forma profissionais necessários para a saúde e bem-estar da população.

Mercado de trabalho

O educador físico gosta do mundo dos esportes e quer ajudar as pessoas a conquistar o bem-estar. Se escolher a licenciatura, pode ser professor na educação básica, nos ensinos infantil, fundamental, médio e até superior.

Tem ainda a opção de trabalhar com ginástica, esporte, jogos, danças, lutas, artes marciais, exercícios físicos, entre outras. Você pode também planejar, implantar e avaliar programas de educação física no mundo escolar.

Por outro lado, o bacharel orienta pessoas ou grupos e trabalha na preparação física de atletas . Ele atua em academias de musculação, empresas públicas ou privadas desenvolvendo ginástica laboral.

Da mesma forma, pode ser personal trainer, consultor esportivo ou treinador de equipes. Aliás, se quiser pode atuar com recreação em clubes, turismo de aventura, hospitais, SPAs e muitos mais.

Quer saber mais sobre os cursos de Educação Física? Então assista ao vídeo abaixo e fique por dentro da rotina de um estudante dessa área.

Se você se identificou com a carreira de Educação Física, lembre-se que uma formação de qualidade pode fazer toda a diferença. Na hora de escolher onde estudar, saiba se a instituição é credenciada pelo MEC e se possui bons conceitos. Clique aqui para saber mais sobre as avaliações do MEC.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.