Do Google à Netflix: inteligência artificial está no dia a dia

Do Google à Netflix: inteligência artificial está no dia a dia

Tempo de leitura: 6 minutos

Só para ilustrar! Já parou para pensar por que a Netflix te dá sugestões de filmes que sempre têm a ver com você? Ou como o Google traz informações sobre um assunto que te interessa? Não apenas nesses casos, mas em muitos outros, isso acontece por conta da Inteligência Artificial (IA). Ela está cada vez mais presente no seu dia a dia. 

Em primeiro lugar, saiba que a Inteligência Artificial envolve a capacidade das máquinas pensarem como a gente. Nesse sentido, elas também aprendem, identificam e até tomam decisões em algumas situações. Em segundo lugar, para estar por dentro desse universo fantástico, conheça alguns termos que envolvem a inteligência artificial. 

Com toda certeza, você pode até achar estranho esses nomes, mas, acredite, o contato com eles é diário. Machine e Deep Learning, bem como Processamento de Linguagem Natural (PLN) compõem tudo o que é a inteligência artificial. Com este post, você começar a enxergará as coisas um pouquinho diferente. Vamos lá!  

Inteligência Artificial no entretenimento

É provável que você já tenha visto as recomendações personalizadas na Netflix e na Amazon. Aliás, tem aquelas playlists de músicas do Spotify que são a sua cara, né?! Falando nisso, já parou para pensar como o Facebook identifica as pessoas que você marca em suas fotos? Isso tudo acontece através do Machine Learning. Ou seja, é quando a máquina aprende todas as regras por conta própria com base em todas as informações que ela recebe. No caso das plataformas de filmes ou músicas, conforme você inclui os dados, ou seja, assiste às produções, o sistema aprende do que você gosta. 

Inteligência Artificial: Siri, Cortana e Alexa

Em contraste com o Machine Learning temos o Deep Learning, que é uma aprendizagem mais profunda da máquina. Desse modo, essa tecnologia busca imitar o cérebro humano na compreensão de novas informações, trazendo resultados a partir delas. Por exemplo, sabe aqueles assistentes de voz como Siri, Cortana e Alexa? Todos baseiam-se em Deep Learning. E o reconhecimento facial do seu celular? Também envolve essa tecnologia! 

Logo depois, temos o Processamento de Linguagem Natural que permite a interação entre as máquinas e as pessoas. Ele usa as técnicas de Machine Learning para encontrar padrões em grandes conjuntos de dados puros e reconhecer a linguagem natural. Só para ilustrar isso, temos a análise de sentimentos. Nesse caso, os algoritmos procuram padrões nas suas redes sociais para entender como você se sente em relação às marcas ou produtos. Aliás, você sabe o que a Lu da Magalu e a Bia do Bradesco têm em comum? Elas são robôs que atendem clientes. E para conseguir entender o que as pessoas querem, usam a PLN. 

Onde encontrar a Inteligência Artificial?

Agora que você já entendeu um pouquinho das áreas que envolvem a Inteligência Artificial, que tal visualizar onde ela está presente? É provável que você já tenha usado Waze ou Google Maps. Desse modo, a IA te dá aquela ajudinha para encontrar o melhor caminho na sua viagem! 

Aliás, sabia que as buscas no Google são personalizadas? É a Inteligência Artificial presente no maior site de buscas do mundo. Os resultados que aparecem levam em conta os sites que você entrou ou até o que curtiu ou compartilhou nas redes sociais. 

Ah, tem ainda os realities shows que conquistam cada vez mais pessoas. São várias câmeras com Inteligência Artificial que acompanham as 24 horas dos participantes. Inclusive, elas captam todos os ângulos e usam softwares inteligentes para oferecer isso em tempo real para quem assiste. 

E não é só dentro de casa que a Inteligência Artificial está presente. Ela também está no campo e é conhecida como agricultura inteligente. Com ela, os agricultores cultivam com sustentabilidade, melhoram a produção e diminuem as perdas. Só para ilustrar: uma máquina pode identificar quando a terra está com problemas ou as melhores formas de plantio. 

Aliás, na área da saúde a Inteligência Artificial é fundamental. Por exemplo, ela foi uma importante aliada no combate ao Coronavírus, a Covid-19. Veja isso… Uma pesquisa da USP em parceria com a Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) desenvolveu um aplicativo que identifica pacientes infectados pelo vírus a partir de um simples raio-x de pulmão! Mais uma vez a tecnologia foi usada em prol da saúde. 

É extremamente importante entender que a Inteligência Artificial é um universo fantástico que tem muito a ser explorado. Aliás, essa área também é promissora para quem se identifica e gostaria de estar por trás do que as máquinas pensam. 

Inteligência Artificial x Redes Sociais 

E que tal falar agora sobre as redes sociais? Aliás, você sabia que o Brasil é um dos países com muita gente ON! Só para ilustrar, são mais de 150 milhões de brasileiros nas redes, inclusive, existe uma estimativa que até 2026 quase 90% serão brasileiros, ultrapassando os 180 milhões de cidadãos.  

Aqui, a IA é responsável pelo reconhecimento de fotos, tradução simultânea e até mesmo sugestão de amizades, de acordo com a sua rede de contatos. Inclusive, sabe aquela roupa que você viu em alguma loja virtual e, de repente, como que em um passe de mágica, ela brota no seu feed. Chega a ser quase surreal, não é mesmo?! 

E o Big Data, onde entra? 

Bora falar novamente da roupa que você visitou em uma loja virtual e do nada brotou no feed da sua rede social? A culpa é do Big Data! Essa é a tecnologia que armazena um imenso volume de dados, uma vez que diariamente, são gerados bilhões de novas informações em todo o mundo.

Em resumo, quando você acessa a página do produto, todo o detalhamento do seu acesso fica registrado e armazenado, como, por exemplo, por onde você acessou e quanto tempo permaneceu na página, por onde seu cursor percorreu no site. 

Se fosse para listar tudo que tem Inteligência Artificial e as outras tecnologias, certamente você ficaria horas lendo esse post, mas aqui a ideia é dar um aperitivo pra você, he, he he.  

Formação superior 

A Inteligência Artificial é um ramo da tecnologia da informação que envolve diversas graduações. Mas atenção: estude em uma instituição reconhecida pelo MEC. Conheça aqui as possibilidades! 

Se identificou com a área da tecnologia e quer seguir carreira nela? Então clique nos seguintes cursos de graduação para saber mais: Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, e Jogos Digitais. A melhor parte é que você pode saber todos os detalhes dessas graduações no material abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.