Profissional de educação física: veja a sua atuação! 

Profissional de educação física: veja a sua atuação! 

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você pensa em fazer o bacharelado em Educação Física, saiba que terá várias possibilidades de atuação para promover a saúde das pessoas por meio de atividades físicas. Nada melhor do que unir esporte com qualidade de vida, não é mesmo? Aliás, esse post vai te deixar por dentro do mercado de trabalho para o profissional de educação física. Confira! 

Academia 

Já pensou em trabalhar em uma academia? Uma vez que você tiver o diploma de bacharelado em Educação Física poderá ser instrutor de musculação, fazer as avaliações físicas dos alunos e até dar aulas de ginástica, como spinning ou jump. Que tal? 

Personal Trainer 

Em primeiro lugar, sabia que o personal trainer avalia, planeja e faz o acompanhamento dos treinos dos seus alunos. Por conta dessa atenção exclusiva, geralmente, é atendido um aluno por vez. Nesse sentido, como profissional de educação física você poderá atuar em academias, empresas, clubes ou como autônomo, seja em espaço próprio, indo à casa dos alunos ou fazendo acompanhamento na academia. Seria uma boa chance de empreender e ter o seu próprio negócio, hein! 

Treinamento de performance 

Com toda a certeza, essa é uma opção bem animadora. Já pensou ver o atleta que você treina conquistando uma medalha? Demais, não é mesmo?! Nessa atuação, você será um treinador de atletas. A ideia aqui é ajudar quem precisam desempenhar uma alta performance em práticas esportivas. 

Recreação 

Que tal trabalhar com recreação? Só para exemplificar, poderá atuar em clubes, academias, SPAs, negócios do setor de hotelaria e diversas outras empresas são espaços bastante receptivos para profissionais com essa formação. Em resumo, o seu trabalho será promover entretenimento saudável e seguro para todas as idades, e sempre considerando as necessidades de cada público.  

Grupos especiais 

Já que a atividade física é uma forma de conquistar qualidade de vida, saiba que existem alguns grupos especiais que precisam de um planejamento específico. Assim sendo, como profissional de educação física, você terá que adaptar as atividades beneficiando a saúde e respeitando as limitações dessas pessoas. Dessa forma, poderá atuar com idosos, pessoas com deficiências, gestantes e crianças que têm necessidades específicas. 

Assessoria de corridas 

Você sabia que tem aumentado o número de praticantes de corridas? Isso porque essa atividade física possui inúmeros benefícios. Inclusive, é um campo de atuação para o profissional de educação física. Só para ilustrar, aqui você poderá trazer orientações e oferecer suporte para que os seus futuros alunos alcancem o melhor desempenho. Aliás, isso vale tanto para quem já é corredor profissional, quanto para aquelas pessoas iniciantes que se tornaram adeptas às corridas.  

Treinador 

Já pensou em treinar um time de futebol, voleibol ou até polo aquático? Seria demais, não é mesmo?! Em suma, tenha em mente que ao se tornar educador físico poderá atuar como treinador de um esporte específico, realizando trabalho com atletas profissionais e preparando-os para competições, por exemplo. 

Reabilitação 

Uma outra possibilidade de atuação é na reabilitação de pacientes que tiveram alguma lesão ou que precisam melhorar suas funções motoras. Nesse caso, você também poderá contribuir com a prevenção de problemas físicos ou de doenças. Todavia, aqui a atuação é multiprofissional, ou seja, o seu trabalho também contará com a contribuição de um fisioterapeuta. 

Como é o mercado de trabalho? 

Logo que você conheceu as possibilidades de atuação, saiba que existe uma alta demanda por profissionais habilitados para o trabalho. Isso porque o autocuidado é uma tendência na sociedade e tem aumentado a procura por educadores físicos em diversos espaços.   

Outra vantagem no mercado de trabalho da Educação Física é a remuneração. De acordo com o Salario.com, a média do piso salarial do preparador físico é de R$ 2.289,31, mas pode chegar a R$ 5.092,35. Já um personal trainer possui a média do piso salário de R$ 2.289,31, e o teto de R$ 5.092,35. 

Diferença entre o bacharelado e a licenciatura 

Curte esporte, deseja atuar na área, mas tem dúvidas sobre a diferença entre o bacharelado e a licenciatura em Educação Física? Então, continue nesse post para entender sobre esse assunto que poderá te ajudar na escolha da faculdade. 

Vamos lá, então… Se você pensa em ser personal trainer, treinador ou assessor de corridas, o bacharelado é a opção ideal para você. Em resumo, essa opção forma profissionais para o mercado de trabalho. Por outro lado, se o seu sonho é ensinar crianças, adultos e adolescentes, a sua praia será a licenciatura em Educação Física.  

Vale destacar que para dar aulas no ensino superior você precisará fazer uma pós-graduação, oks? Tenha em mente também que na faculdade de licenciatura em Educação Física você terá disciplinas pedagógicas específicas dessa área, isso para que possa mandar bem na sala de aula e saber transmitir os seus conhecimentos.  

Outro ponto importante é que o bacharel é o educador físico que trabalha em locais como clubes, academias, hotéis ou empresas. Nesse sentido, durante a faculdade, os conteúdos são voltados para as técnicas físicas e o relacionamento interpessoal.  

Quais são as características do bacharel em Educação Física? 

Que tal saber se você tem o perfil para se tornar um bacharel em Educação Física? Confira a seguir! 

Ter paciência 

Antes de mais nada, saiba que um profissional de educação física precisa ser paciente. Já pensou ensinar alguém a lutar boxe se ela nunca colocou uma luva? Sim… Você terá desde alunos iniciantes até os mais experientes. Por isso, sendo um profissional paciente paciente, você conseguirá ser o ponto chave para uma mudança na vida de alguém. 

Ser sociável 

Curte estar com as pessoas e lidar com elas? É naturalmente sociável e descreve as coisas detalhadamente? Se sim, saiba que você tem uma característica para se tornar um profissional de educação física. Outra característica é ser comunicativo, afinal você estará lidando diariamente com pessoas. 

Ser empático 

Como bacharel em Educação Física, você ajudará e também motivará as pessoas. Dessa forma, uma boa dose de empatia é sempre bem-vinda. Inclusive, essa qualidade é essencial para que os outros se sintam acolhidos ao serem orientados por você. 

Ter motivação 

Ao mesmo tempo em que você elabora um treino fantástico para o seu aluno melhorar o condicionamento físico, saiba que precisará ir além… Isso significa usar a criatividade e proatividade para motivá-lo. Aliás, se você mandar bem nesse processo e transformar aulas em uma verdadeira diversão, poderá conquistar mais e mais alunos. O resultado disso? Mais graninha entrando pra você, não é mesmo? 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.