Vale a pena fazer faculdade?

Tempo de leitura: 11 minutos

Aluna com cadernos e livros sorrindo para a câmera dentro de uma sala da faculdade e outros estudantes ao fundo

Você precisa estudar para ser alguém na vida! O que você quer ser quando crescer? Aliás, já escolheu a faculdade? Quem nunca ouviu essas frases?! A maioria passa por essas cobranças, seja dentro de casa, na escola, daqueles tios legais nas reuniões familiares, enfim… Decidir alguma coisa sob pressão não é legal, mas essas perguntas podem ajudar a refletir sobre o futuro, afinal, até quando é preciso estudar para ser alguém na vida? Isso depende do objetivo de cada um, mas se a pretensão é construir uma carreira, então cada pergunta dessas pode ser um empurrãozinho para o seu crescimento profissional. Neste post, você vai entender o porquê de fazer faculdade.

Mais chance de emprego

Em uma feita pelo IBGE com os das nações que integram a Organização para a OCDE, observou-se que cursar o ensino superior no Brasil aumenta mais as chances de empregabilidade e de ter salário maior. Só para exemplificar, um brasileiro com diploma de graduação ganha 2,5 vezes mais do que alguém com ensino médio apenas.

De acordo com dados da Síntese de Indicadores Sociais 2018, do IBGE, naquele ano, quem tinha diploma de ensino superior recebeu, em média, R$ 4,8 mil por mês. Por outro lado, as pessoas que concluíram apenas o ensino médio ganharam R$ 1,7 mil. Assim, em um mercado de trabalho acirrado, garantir um bom currículo faz toda a diferença.

Realização pessoal e profissional

Mas fazer uma faculdade vai além da questão profissional; é, acima de tudo, uma realização pessoal e que oferece uma experiência incrível! Em primeiro lugar, é a oportunidade que você tem de escolher a carreira que pretende seguir e trabalhar naquilo que gosta. Então, confira algumas vantagens de fazer uma faculdade:

Happy Harry Potter GIF - Find & Share on GIPHY

Crescimento pessoal

Este é um ponto essencial e verdadeiro. Afinal, fazer faculdade amplia a visão de mundo! Inclusive, quem faz uma graduação, na maioria das vezes, já conclui pensando em uma pós. Pois se atualizar e continuar estudando faz parte de todas as profissões…

Visão global

O aluno é estimulado a ter uma visão crítica e reflexiva sobre diversos temas sociais. E esses conhecimentos ultrapassam os conteúdos específicos da faculdade. É na universidade que a formação cidadã se completa, por meio de debates saudáveis sobre ética, moral, política, cultura, costumes, sociedades. Enfim, o desenvolvimento intelectual é amplo!

Autoridade na área

Independentemente da carreira que pretende seguir, uma coisa é certa, estudar e se atualizar fará parte da sua vida. E fazer uma pós, por exemplo, na área que você se identifica, te tornará autoridade naquele assunto. Aí ninguém mais te segura!

Por exemplo, se você escolhe o curso de Direito e faz pós em Direito do Trabalho, certamente sobre este tema você se tornará autoridade. E quando alguém precisar de ajuda, seu nome estará lá para ser indicado. Assim acontece com o médico cardiologista, bem como com o contador de tributos, ou com o fisioterapeuta expert em coluna.

Enfim, para cada profissão você encontra inúmeras possibilidades. Inclusive, é possível se especializar em uma área diversa da sua formação, mas que se complementa a ela. Por exemplo, você pode ter formação em Administração e fazer um MBA em Gestão de Recursos Humanos… Legal, né?!

Seguir na carreira acadêmica

Atualizar-se e continuar estudando faz parte, mas tem gente que gosta muuiitooo de estudar. Gosta de estar envolvido em pesquisas, então conclui a graduação e logo busca um mestrado, doutorado, pós-doutorado, e não para… Nestes casos, tornar-se pesquisador ou professor de universidade, ou os dois, o deixará completo profissionalmente. E aí, que tal ser professor ou pesquisador?

Salários maiores

No Brasil, conforme comprovado nos dados do IBGE, empregados com diploma superior ganham em média mais que o dobro que os que possuem apenas o nível médio. Se o seu objetivo de vida envolve também uma boa remuneração, então fazer uma faculdade é mais do que primordial!  

Ampliar seu networking

No ambiente universitário você faz amigos, está sempre em contato com professores, conhece amigos de amigos, e assim por diante. Certamente, no futuro, toda essa rede de contatos construída fará muita diferença em sua carreira. Na hora de procurar um emprego, ou caso precise de uma indicação, para fechar uma parceria, enfim, essas pessoas serão fundamentais.

Intercâmbio

Se você pensa em estudar no exterior, essa também é a sua chance. Aliás, durante a graduação é possível fazer algumas disciplinas da sua graduação durante um período em outro país. As próprias universidades possuem convênios com instituições estrangeiras e fazem essa ponte para que o estudante tenha uma experiência incrível!  

Para aproveitar essa chance, também é importante aprender outros idiomas. É possível estudar inglês, por exemplo, na própria universidade, o que com certeza facilita para o estudante conciliar uma nova tarefa tudo no mesmo ambiente. Então, que tal escolher uma instituição que tenha um Centro de Línguas?! De fato, mergulhar no universo de outras culturas dará um up em seu currículo e muitas portas irão se abrir…

Além do diploma… É orgulho que fala!

O Brasil continua sendo um dos países com menos jovens com formação superior. O relatório Education at a Glance, publicado pela OCDE, avaliou as 45 nações membros ou parceiras da organização. O documento aponta que apenas 21% dos brasileiros de 25 a 34 anos têm ensino superior completo, enquanto a média dos países que fazem parte da OCDE é em torno de 44%.

Então, se você está entre os jovens com a oportunidade de fazer uma faculdade, você já é vitorioso! Aliás, para realizar este sonho, a maioria precisa conciliar trabalho, estudo, valor das mensalidades, gastos com transporte e muitos outros fatores que poderiam interromper esta realização. Por isso, enfrentar todos estes obstáculos, ciente de que tudo é para um futuro melhor, é motivo de muito orgulho!

Você pode até escolher não trabalhar na área da sua formação, mas certamente sempre irá se orgulhar da sua história, da sua garra e do seu compromisso com a educação. Afinal, não importa qual seja o seu destino profissional, o conhecimento sempre transforma!

Faculdade presencial ou a distância?

Agora que você conheceu alguns motivos para fazer uma faculdade, vamos apresentar outras questões, pois são muitas escolhas: o curso que melhor se encaixa em seu perfil, a instituição que atende suas expectativas e a modalidade do ensino – se presencial ou a distância (EAD).

Afinal, como decidir este último requisito? Na verdade, é muito simples, você precisa conhecer as características de cada modalidade e verificar qual combina mais com o seu interesse. Por isso, vamos falar um pouco mais sobre elas…

Em primeiro lugar, vamos começar pelo o que esses cursos têm em comum. O diploma EAD e presencial são iguais, ou seja, não vem escrito se você fez curso a distância ou presencial. Para começar a estudar em qualquer uma dessas modalidades, você precisa fazer o vestibular, seja por prova ou com a sua nota do Enem. Por fim, em qualquer uma você terá trabalhos e será avaliado por meio de provas presenciais; se EAD, será no polo de apoio que escolheu.

Temos um post que explica melhor as diferenças entre faculdade EAD e presencial. Clique aqui e saiba mais.

Com toda certeza, tanto o curso presencial quanto EAD oferecem experiências incríveis. E seja qual for a modalidade, é essencial verificar o credenciamento da faculdade e do curso no MEC, pois isso garante a validade do seu diploma.

Homem sentado e olhando para o notebook que está em seu colo

Na comunidade

Estar em contato com as comunidades e verificar de perto quais são as suas necessidades são ações que fazem parte da formação cidadã. Por isso, as atividades de extensão proporcionam crescimento pessoal e profissional do estudante.

Desde os primeiros anos de faculdade os futuros profissionais são estimulados a participar de projetos de extensão em diferentes locais, com atendimentos e orientação à comunidade em todas as áreas do conhecimento. O resultado é uma formação humanizada e atenta às necessidades local e regional de onde está inserido.

Esporte e lazer

Estudar é o objetivo principal, mas na faculdade também tem momentos de lazer e descontração! A preocupação com a formação do acadêmico vai além da sala de aula, existe incentivo à prática de atividades esportivas e promoção de ações culturais.

As competições esportivas dentro ou fora do campus movimentam as atléticas acadêmicas… Ainda, dentro da própria instituição o estudante pode encontrar inúmeras possibilidades para manter o corpo ativo. Então, segue outra dica: verifique se a instituição que você pretende estudar tem uma estrutura esportiva bacana para você aproveitar. Usufruir dos espaços dentro da própria instituição facilita e muito a vida do estudante!

Conceito MEC

Conhecer os conceitos MEC pode ser fundamental para a sua decisão. Só para ilustrar, eles indicam a qualidade do curso e também da faculdade. Uma coisa é certa: fazer uma faculdade bem avaliada pode, sim, fazer a diferença na sua carreira. Quer saber mais sobre os conceitos do MEC? Clique aqui e confira este post.

Faculdade particular ou pública?

De acordo com o último Censo da Educação, no Brasil existem 2.537 instituições de ensino superior (IES), sendo que 299 são públicas e 2.238 particulares. Entre elas estão universidade (107 públicas e 92 particulares), faculdades (13 públicas e 217 particulares), centros universitários (139 públicos e 1.929
particulares) e institutos federais (40 públicos).

Em suma, é possível compreender a razão pela qual é tão concorrida uma vaga na faculdade pública. Afinal, elas representam apenas 11,8% do total. Quem deseja fazer um curso de graça, sabe que a preparação é intensa. Aliás, a maratona de estudos pode levar anos…

Normalmente, o corpo docente da IES públicas é de mestres ou doutores. Por outro lado, quando se trata de universidade, mesmo que seja particular, a qualificação docente é uma exigência do MEC, então o aluno terá contato com professores mestres e doutores também.

E a estrutura?

Sobre a estrutura, não é novidade para ninguém que depender de recursos públicos no Brasil não é tarefa fácil. Então, na maioria das vezes, as públicas acabam sendo prejudicadas. Já as particulares realizam investimentos constantes em equipamentos e laboratórios de ponta para proporcionar uma formação completa na prática profissional.

Ainda para refletir, é quanto às greves do setor público. Em um passado recente algumas instituições estaduais paralisaram suas atividades por quase 1 ano. Ou seja, quem pensava que se formaria em 4 anos, precisou prorrogar o tempo de estudos…

Caso você queira estudar em uma das melhores estruturas do país, acesse este link e confira os cursos que podem ser o start para um futuro de sucesso!

E agora, que tal fazer uma faculdade?!

Não é uma decisão simples, pois depende de vários fatores. Também não será fácil conciliar a faculdade com todas outras atividades do seu cotidiano… Mas uma coisa é certa: todo sacrifício valerá muito a pena! E se você ainda tem dúvidas disso, pergunte para qualquer pessoa que já tenha passado por essa experiência qual é a opinião dela sobre fazer faculdade. Independentemente se a sua escolha for ensino presencial ou a distância, instituição pública ou privada, pode acreditar que serão os melhores anos de sua vida… A satisfação de vencer barreiras, com o propósito de buscar a transformação por meio do conhecimento, é incontestável!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.